Poca actividad física aumenta la mortalidad de las personas de mediana edad que viven con el VIH

Image default
Mortalidad de Personas con VIH en la Edad Media
, SeropositivoOrg
Ella y yo, en el asfalto, que se siente bien

Infecção pelo HIV está associada a um menor desempenho físico, afirmam os pesquisadores na edição on-line da Revista AIDS. Descobriu-se também que as pessoas que vivem com HIV e que tê a atividade física reduzida tiveram um aumento significativo em seu risco de morte.

A população do estudo foi constituída por pacientes soropositivos para HIV na meia-idade e pacientes soronegativos também na meia idade das pessoas em Baltimore, Estados Unidos, quer fossem, quer não, usuários de drogas injetáveis (UDI).

“Os nossos resultados mostram o grande impacto da doença por HIV no desempenho físico, apoiar o crescente reconhecimento e a importância da doença crônica por HIV na meia idade com os resultados e pode informar e formar estratégias para o manejo clínico do envelhecimento em pessoas infectadas pelo HIV”, comentam os autores.

Graças às melhorias no tratamento e cuidado às pessoas soropositivas, uma grande porçãocada vez mais crescente de pessoas vivendo com HIV estão chegandoa idades cada vez mais avançadas. Isso significa, em síntese, que as doenças do envelhecimento são, hoje em dia, uma importante causa de óbito nesses pacientes; mortes que podem ser evitadas ou, ao menos postergadas

A atividade física reduzida é associada com maior risco de mortalidade de idosos em relação à população em geral. Em função da parte inferior do corpo – capacidade de equilíbrio, velocidade de caminhada e a dificuldade em levantar-se de uma posição sentada – isso pode ser avaliado usando uma bateria de testes curta de desempenho físico bateria (SPPB em Inglês). Na população em geral, a pontuação SPPB abaixo de dez está associada a um risco aumentado de deficiência ao acesso a cuidados de enfermagem e a mortalidade.

Usando a SPPB, os pesquisadores queriam ver se portar o HIV poderia ser associado a uma menor função física. Eles também queriam ver se o desempenho

, SeropositivoOrg
E… de tempos em tempos… também assim! Mas passa rápido. Nunca ficamos mais de 5 minutos assim

físico teve uma associação com risco de mortalidade em pessoas vivendo com HIV/AIDS.

Assim, avaliou-se prospectivamente o desempenho físico e o risco de mortalidade em uma coorte de 1627 HIV-positivos em risco corrente e ex-usuários de drogas injetáveis. Desempenho físico foi medido a cada seis meses. O estudo follow-up ocorreu entre os anos de 2005 e 2010, e os participantes contribuíram com um total de 12.270 visitas de estudo.

Os participantes tinham uma idade média de 51 anos, a maioria afro-norte-americanos e um terço composto por mulheres.

Os participantes que vivem com HIV contribuíram com 3715 visitas de estudo (30%). A contagem mediana de CD4 e carga viral foram 340 células/mm3 e 70 cópias/ml, respectivamente.

Os escores de SPPB com dez ou menos pontos foram responsáveis por um terço das visitas de estudo.

, SeropositivoOrg
Y un día, en futurooooo, vamos a estar bien

Depois de levar em conta possíveis fatores de confusão, a infecção pelo HIV foi independentemente associada com um aumento de 30% no risco de uma pontuação SPPB de dez ou abaixo (OR = 1,30; IC95% 1,12 -1.52).

Durante o período de acompanhamento, 165 pacientes (10%) foram a óbito. Isto significa que a taxa de mortalidade foi de 2,75 por 100 pessoas-ano.

A Pontuação SPPB dos dez pontos ou abaixo foi associada a um 2,3 pontos no aumento do risco de mortalidade em relação a uma maior Pontuação SPPB (HR 2,34; IC95% 1,67 -3,27). Para pacientes HIV-negativos, a SPPB de menor escore foi associada com um 2.21 -dobre (IC 95 %, 1,37 -3,55) aumento no risco de mortalidade, em comparação com uma entre 2,55-dobre (IC 95 %, 1,33 -4.76) aumento de pacientes HIV-positivos às pessoas com HIV mal controlada, e a 2,02-dobre (IC 95 %, 0,95 -4,3) aumento de todos os outros indivíduos HIV positivos.

Infecção pelo vírus HIV por si só, mostrou-se associada a quase três vezes mais em risco de mortalidade (HR = 2,78; IC95% 1,70 -4.54).

Os autores encontraram que a menor desempenho físico e a infecção pelo HIV tinham um efeito conjunto no risco de mortalidade.

As pessoas que vivem com HIV e que tiveram baixas pontuações SPPB tiveram um aumento de seis vezes (HR= 6,03; IC95% 3,80 -10,0) no risco de morte durante o período de acompanhamento em relação aos indivíduos HIV-negativos com maior pontuação SPPB.

“Nossos achados reforçam a necessidade de se integrar os princípios como avaliação geriatrica funcional para o cuidado de idosos infectados pelo HIV,” concluem os autores. “A pontuaçãoo SPPB pode ser uma ferramenta eficaz para uso em pesquisa clínica e em clínico/terapêuticas de configurações para suportar o envelhecimento saudável de pessoas com infecção pelo HIV.”

Traducido del original, Función física reducida aumenta significativamente el riesgo de mortalidad de las personas de mediana edad que viven con el VIH por Cláudio Santos de Souza em 16/06/2015

¿Tienes algo que decir? ¡¡¡Dilo!!! ¡Este blog es mejor contigo!

Este sitio utiliza Akismet para reducir el spam. Aprenda cómo se procesan sus datos de comentarios.

Automattic, Wordpress y Soropositivo.Org, y yo, hacemos todo lo que está a nuestro alcance en lo que respecta a su privacidad. Y siempre estamos mejorando, mejorando, probando e implementando nuevas tecnologías de protección de datos. Sus datos están protegidos y yo, Cláudio Souza, trabajo en este blog 18 horas al día para, entre muchas otras cosas, garantizar la seguridad de su información, ya que sé las implicaciones y complicaciones de las publicaciones aprobadas e intercambiadas aquí. Acepto la Política de privacidad de Soropositivo.Org Conoce nuestra política de privacidad

Whatsapp Envianos un WhatsApp